Archive for Junho, 2007

Comprar a minha opinião? Não obrigado.

Junho 26, 2007

Não vou dizer que discordo da compra de posts em blogs. Eu mesmo já participei/participo em esquemas desses.

O que não concordo, e nada mesmo, é a compra de posts positivos. O ReviewME (que serve de ponte entre os bloggers e as empresas que tencionam comprar os posts) tem bem explícito nas FAQ do seu site:

Can I require a positive review?

We do not allow advertisers to require a positive review. The vast majority of reviews are measuredly positive, although many do contain constructive criticism. We view this as a bonus: how else can you quickly and cheaply get feedback on a product or service from influencers?

Aqui concordo totalmente. A empresa contacta-nos através do ReviewME, e pede uma análise. Tem uns requisitos (200 palavras, tem de ter um link e mais umas coisas) mas são mínimos. Nunca manipular a opinião do blogger.

Depois de dar a minha voltinha pelo Planet Geek reparei nos posts do José Rocha e do Bruno Miguel.

A Microsoft a comprar a opinião a bloggers famosos? Nada que não se esperasse. Bloggers a aceitar? Não, não esperava. A Microsoft deve ter pago, e bem, a estes bloggers. Parece que o dinheiro falou mais alto que a dignidade deles…

Mais uma nota que fica é o facto da Microsoft, mais uma vez, precisar de fazer publicidade enganosa para arranjar malta para usar o seu Vista (também conhecido como “Me 2.0” ou “Diz Que é Uma Espécie de SO”).

Então, as notícias de confiança já perderam a credibilidade e é preciso avançar por outro lado? E que tal criarem uma revista de informática em todos os países do mundo? Oh, desculpem. Neste caso não é necessário. Também já tratam de pagar a revistas para vos fazer publicidade… Basta olhar para o exemplo português…

Mais uma vez, a frase milhares de vezes repetida: grande Bill Gates mais a sua estratégia de marketing.

Será que no fim da sua saída da Microsoft o seu sucessor conseguirá continuar com este marketing?

(sinceramente, espero que não 😀 )

Beryl + Compiz

Junho 22, 2007

Sou eu que sou mau a matemática ou Beryl+Compiz daria algo do género BryCompz ou Comperyl ou mesmo Bermpiz? Ok, nomes foleiros. Talvez por pisso o nome de Compiz Fusion.

A malta do Beryl ficou fora do nome mas isso não interessa.

O que interessa é que o nome está escolhido. E com os previews que podem apreciar no youtube… Preparem utilizadores do Aero daquela coisa chamada de Vista, pois ainda se vão roer mais de ciúmes!

Já agora, já vos mencionei a parte em que isto não come recursos nenhuns?

Oh, lamento, este post não é para denegrir a Microsoft. Mas o Compiz é melhor que o Aero na mesma 🙂

Netvibes

Junho 14, 2007

Possivelmente, muitos de vocês já conheciam. Mas eu não.

Netvibes é uma página, programada em Ajax, com o objectivo de ser a nossa própria Home Page totalmente feita por nós. Aqui já ganhou esse lugar.

As funcionalidades são mais que variadas. É possível adicionar, por exemplo, Feeds à nossa página. Ficam numas caixinhas onde tem o título de cada notícia/artigos (seja o que fôr do feed) e um link no mesmo para nos redireccionar ao post.

Temos também a possibilidade de usar algo do género para o Gmail (ou outros serviçoes). Inserimos o nosso mail e password e temos o sistema a funcinar como nos rss feeds: o título do mail e o respectivo link. Existem também calendários, post-it’s…

Algo muito bom é a possibilidade de dividir tudo isto em tabs. Posso por exemplo ter numa os meus blogs favoritos, noutra sites de interesse, noutra o meu mail, pesquisas no google, vídeos do youtube, fotos do flickr… Uma grande funcionalidade destas tabs é a possibilidade de as tornar-mos públicas. Assim posso por exemplo adicionar uns blogs que até gosto, e compartilhá-los com os meus colegas através dessa tab.

Podemos ainda personalizar a página ao nosso gosto, personalizar cada “quadradinho” ao nosso gosto… Tudo com a beleza e simplicidade que a tecnologia Ajax oferece.

Um grande projecto com futuro. E ainda está em fase beta…

www.Netvibes.com

Um novo agregador?

Junho 13, 2007

Hoje, através do Rui Costa, que alertou a malta do Planet Geek para esta situação, fui ter a um novo “agregador” de blogs português.

Muitos parabéns Sr. João Paulo Pacheco. Conseguiu reunir alguns dos melhores blogs que eu conheço!

Ora mas pera lá… Não há fontes algumas… Ei e espera lá… Alguns títulos mudam… Nalguns mudam umas vírgulas no post… O autor está como “João”…

Hmm… Vejamos.

Este post aqui parece-me que já o vi nalgum lado… Talvez aqui?

E quanto a este? É um pouquinho semelhante a este

Isto até começa a ser hilariante… Este então… É que é que tem mesmo umas pequenas semelhanças com este!

Ah! Mas, João Paulo, obrigado por te lembrares de mim! Estava a ver que ias usar sem permissão algum e descaradamente vários post’s de vários blogs que eu conheço mas que não ias pôr nenhum post meu!

Na parte do Copyright tens lá “© 2007 Alguns Direitos Reservados”. E os outros, não têm direitos reservados?

Agora vê se copias este post para o teu “agregador”…

Isto não esperava

Junho 6, 2007

Jamie Cansdale, um programador inglês, desenvolveu à coisa de uns anos um add-on para o Microsoft Visual Studio Express (uma versão grátis do Visual Studio) chamado TestDriven.Net. Até aqui nada de novo (quer dizer, para mim foi, pois não conhecia).

A Microsoft ficou tão contente com este add-on que atribuiu a Jamie o prémio “Most Valuable Professionals”, e como consequência, Jamie teve acesso à versão mais completa do Visual Studo (uma daqueles que custam assim alguns (muitos) dólares).

Mais ou menos em de Dezembro de 2005, o Jamie começou a receber emails de um executivo da Microsoft chamado Jason Weber. Parece que o add-on desenvolvido por Jamie suportava a versão Express do Visual Studio, a tal grátis, e a Microsoft não queria isso. Mas o Jamie tinha desenvolvido o TestDriven.Net na versão Express.

Jamie foi acusado de violar a licença do Visual Studio Express. Alegadamente, ele teria tido acesso a APIs não disponíveis na versão Express ou então teria feito “reverse engineering” das APIs. O Jamie disse que tinha usado apenas as APIs publicadas no MSDN, mas o Jason Weber não desistiu e voltou a insistir tendo dado um prazo para, até 6 de Junho (ou seja, hoje) às 16h (nos EUA por isso penso que “ainda não foram” pois são menos 5 horas, se não me engano) para remover o suporte ao Visual Studio Express.

Como é que isto vai acabar? Espero que com mais uma humilhação para a Microsoft.

Acho que os advogados da Microsoft devem andar a beber durante o serviço… Primeiro as patentes, agora isto.

Jamie: boa sorte rapaz (Good Luck)

Podem ler o desenvolvimento aqui.

Fonte: bit.aite

FileSwap

Junho 2, 2007

Aqui está mais um site onde podemos fazer upload dos nossos ficheiros!

Apenas com uma particularidade: fazemos upload e recebemos outro ficheiro em troca.

Ah, e não, não podem mais tarde aceder ao vosso ficheiro.

A coisa mais inútil no mundo da informática? Possivelmente, mas apenas se deixarmos o Me 2.0 ‘almost©’ (ou conhecido também como Windows Vista) de fora 😉

Com sorte ainda apanham a etiqueta do gentoo que tenho na barra lateral do meu blog…

File Swap

Fonte

Because I Was Bored

Junho 1, 2007

Because I Was Bored é um blog de Marvin Tabangay, um director de arte de uma companhia em Los Angeles, com o único sentido de mostrar vídeos com cerca de um ano de vida.

Tem variados vídeos e, muitos deles, até com alguma piada. Como por exemplo um sobre os maléficos do tabaco, ou sobre um adepto a invadir um campo ou mesmo sobre um simples jogo de futebol americano.

Podemos observar que este blog não esquece as redes sociais como podemos ver na lateral a subscrição para o technorati assim como para o del.icio.us.

De notar, e com pena, é o facto de haver tanta publicidade. Não sei porque é qual o seu objectivo num blog deste tipo em que as pessoas abrem o blog, clicam play, fecham o blog. Só se ele ganhar com o CPM (1000 visualizações).

Estamos a caminhar para uma “Internet mais comercial” onde tudo o que interessa é gerar dinheiro.

www.BecaseIWasBored.com

Nota: Esta foi uma análise paga através do ReviewME mas eu sinceramente gostei mesmo de alguns vídeos e detestei a publicidade (sim eu sei que me estou a contradizer e que isto é uma review paga e por isso ganho dinheiro também, mas pelo menos não inundo o blog de publicidade). Boas visualizações.